[RESENHA LITERAL] Trono de Vidro #1 - Sarah J. Maas


Editora: Galera Record
Autor: Sarah J. Maas
Nº de Páginas:  392

Sinopse: Nas sombrias e sujas minas de sal de Endovier, uma jovem de 18 anos está cumprindo sua sentença. Celaena é uma assassina, e a melhor de Adarlan. Aprisionada e fraca, ela está quase perdendo as esperanças quando recebe uma proposta. Terá de volta sua liberdade se representar o príncipe de Adarlan em uma competição, lutando contra os mais habilidosos assassinos e larápios do reino. Endovier é uma sentença de morte, e cada duelo em Adarlan será para viver ou morrer. Mas se o preço é ser livre, ela está disposta a tudo.


Links Para Comprar: 
    



Se você procura um livro onde um mistério incrível deve ser decifrado antes que algo terrível aconteça, que realmente te surpreenda do começo até o fim, e claro, onde nossa protagonista é uma garota que aos 16 anos já era paga para eliminar “indivíduos indesejados”. Parabéns, você acabou de encontrar a leitura perfeita. Confesso que só comprei pela capa, já que parecia muito com uma campeã do jogo League of Legends, a Katarina. Mas não me arrependo, e até agradeço ao game.

Gostaria de iniciar a resenha falando um pouco da escrita da autora. Tornei-me fã após ver sua preocupação com cada detalhe que passava despercebido e conectava-se de alguma maneira em um ponto da história. Além disso, o mapa no começo do livro foi simplesmente uma marca crucial, e auxiliava bastante para orientar quando cada personagem falava de sua terra natal, assim como em As Crônicas de Nárnia

Trono de Vidro é o primeiro livro de uma saga onde Celaena Sardothien, a maior assassina de Adarlan encontra-se presa por seus crimes. Entretanto, o surgimento de uma competição entre campeões escolhidos pelos nobres para definir o assassino do Rei faz com que o príncipe herdeiro Dorian a convoque colocando suas esperanças em realizar as escolhas corretas para o reino. 

A tentadora proposta de servir ao Rei por um determinado tempo em troca de sua liberdade motiva nossa assassina - que abomina o soberano por todos os atos cruéis presenciados nas minas – a embarcar na incrível jornada ao castelo e duelar desde ladrões a soldados banidos de batalhas. 

Como se não bastasse, a cada noite um dos campeões é assassinado  de forma brutal e sem vestígios de quem realizou o ato. Cada vez mais perto de nossa campeã, Celaena luta para salvar sua própria vida. 

Além de toda nossa aventura e o suspense que não se faz ausente, o ar de um triângulo amoroso torna a narrativa ainda mais interessante.


O que você ainda tá fazendo parada aí?




Nenhum comentário:

Postar um comentário